Quadrinhos geralmente retratam histórias modernas, com visuais futuristas e personagens sobrenaturais. Eles ganharam espaço justamente por utilizarem uma linguagem atual.
A Bíblia é um livro antigo, cuja história mais recente aconteceu, no mínimo, há 2 mil anos atrás.
Seria possível pegar algo tão “empoeirado”, dar uma roupagem moderna e ainda manter a veracidade histórica?
Essa é justamente a proposta de Metaformose*, o segundo Mangá da série Jesus Messias. Para os desavisados, o Mangá é um estilo japonês de quadrinhos. Embora tenha começado a virar febre no Brasil só recentemente, o gênero é bastante antigo.
Diferente de um quadrinho comum, o Mangá tem características bem próprias, como o formato do rosto dos personagens, os olhos vivos e os traços dos desenhos. Uma das características desse gênero é também sua capacidade de atrair todas as faixas etárias.